Os 12 princípios do manifesto Agile

Uma das maneiras de encarar a transformação digital na qual as empresas vêm passando é por meio da adoção de métodos ágeis. Atualmente, as organizações, para se manterem competitivas no mercado, precisam mudar seus modus operandi e adotar um novo mindset, que coloca a velocidade, a qualidade e a rápida entrega de valor em primeiro lugar. Com isso, surge a necessidade de se conhecer mais sobre uma dos principais movimentos em busca de agilidade, o manifesto Agile Software Development.

 

Leia também: Inteligência de dados é fundamental para a transformação digital

 

O Agile nasceu há mais tempo do que você imagina. Ainda em 2001, dezessete desenvolvedores se reuniram em Snowbird, nos Estados Unidos, para discutir o processo de desenvolvimento de softwares. A partir desse encontro, que reuniu opiniões diversas sobre o tema, surgiu o manifesto do Agile e com ele os princípios que fundamentam o desenvolvimento ágil.

 

Confira, a seguir, quais são os 12 princípios do manifesto Agile:

1. Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente por meio da entrega rápida e contínua de softwares que tragam valor;

2. Mudanças nos requisitos são bem-vindas mesmo nas etapas finais do desenvolvimento. Os processos Agile aproveitam essas mudanças para oferecer vantagens competitivas ao cliente;

3. Entregar softwares prontos regularmente, em algumas semanas ou meses, com foco sempre na redução do tempo;

4. Empresários e desenvolvedores devem trabalhar juntos diariamente durante todo o projeto;

5. Criar projetos motivando pessoas. Oferecer a eles o ambiente e o suporte que eles necessitam e depositar confiança em seu trabalho;

6. O método mais eficiente e eficaz de transmitir informações para uma equipe de desenvolvimento é por meio de uma conversa cara-a-cara;

7. A principal medida do progresso é entregar um software funcionando adequadamente;

8. Os processos ágeis promovem um desenvolvimento sustentável. Patrocinadores, desenvolvedores e usuários devem ser capazes de manter um ritmo constante indefinidamente;

9. Ter atenção contínua à excelência técnica e ao bom design para aumentar a agilidade;

10. A simplicidade – ou a arte de maximizar a quantidade de trabalho que não foi feito – é o essencial;

11. As melhores arquiteturas, requisitos e projetos surgem de equipes que se auto-organizam;

12. Em intervalos regulares, a equipe reflete sobre como tornar-se mais eficaz e, em seguida, otimiza e ajusta o seu comportamento de acordo.

 

 

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Plugar nas redes sociais